28.3.19

"Loving in Coral" - Pantone 2019

A cor escolhida pela Pantone para cor do ano foi a "Living Coral", uma cor como o próprio nome indica, viva, com luz e alegre.
Acreditamos que irá servir de inspiração para muitos casamentos ao longo deste ano e por isso, em conjunto, resolvemos fazer um editorial que espelha-se todas as características desta cor.

A apresentação/publicação oficial aconteceu na Zankyou e estas foram as palavras de destaque:
Um momento a dois pintado pela leveza e vivacidade da Living Coral".

"Tudo se conjuga no espírito da natureza envolvente desta cor inspirada nos recifes de corais, que nos acolhe com a sua áurea cálida, que inspira o calor, energia e optimismo de um paraíso tropical."






Este é assim o retrato de um momento vivido a dois, um elopement que nos leva a revisitar uma das mais bonitas cidades de todo o Portugal, a cidade do Porto.


"Tudo acontece primeiro na Casa do Cativo, um local tradicional mas contemporâneo e romântico, recentemente recuperado na baixa; local onde os protagonistas se encontram para celebrar o seu amor e trocar os seus votos de casamento... para juntos e de mãos dadas vaguearem depois pela zona ribeirinha do Porto, eternizando o momento e aguçando a vontade de quem quer ali vir casar."









Fornecedores:
Produção/bolos: Bakewell
Decoração/design floral: O Filho da Rosa
Fotografia/Vídeo: White Valley
Estacionário: a pajarita
Maquilhagem e cabelo: Jenny MakeUp Land
Vestidos de noiva: Rembo Styling
Fato noivo: Prassa
Local: Casa do Cativo
Modelos: Carla Couto e Pedro Machado


























20.3.19

O número 4 da Bakewell - e muito simbolismo





Eis que num abrir e fechar de olhos a Bakewell celebra, completa, festeja 4 anos de existência :)

Se me dissessem em Março de 2015 quando mudei a imagem, nome , logotipo e conceito do que inicialmente era um blog de partilha de experiências fora e dentro de casa que passados estes 4 anos a Bakewell seria o que é hoje eu nunca iria acreditar, nem nos meus sonhos mais longínquos. E hoje celebro isso mesmo, sonhos que se tornam realidade, todos os dias, de há 4 anos para cá.




O número 4 representa a solidez e tudo aquilo que é tangível. E para Pitágoras este era o número perfeito... Embora este tenha sido um ano muito bom, de muito crescimento e muito trabalho, esteve longe de ser perfeito:

- Foi o ano em que não pagaram pelo meu trabalho,
- Foi o ano em que puseram em causa o meu valor e o valor do meu trabalho,
- Foi o ano em que levei valentes chapadas de quem supostamente considerava amigo,
- Foi o ano em que eu não soube dizer "não", quase entrei em colapso e tive um burnout em pleno Verão e época com mais trabalho e casamentos,
- Foi o ano em que eu mal descansei e muito mal me alimentei, tive uma anemia. algumas complicações e fiquei doente durante semanas no final do ano,
- Foi o ano em que infelizmente tive de abandonar um projecto de 2 anos que seria para uma vida,




Mas como as coisas positivas se sobrepõem às menos boas, este também foi o ano em que:
- Fiz mais bolos de casamento do que imaginava ser possível (e eu que nunca pensei sequer fazer bolos de noiva e seguir esse área),
- Conheci noivos incríveis, histórias lindas e locais de cortar a respiração,
- Tive o privilégio de conhecer, conviver e trabalhar com profissionais maravilhosos,
- Ganhei um prémio para melhor cake design, atribuído pela Zankyou,
- Descobri que trabalhar não é tudo. E por muito que adore o que faço, não gostar de estar parada e ter constantemente novas ideias e projectos tenho mesmo que me obrigar a ter um dia de descanso e que a partir de agora o domingo será o dia para parar e desligar.
Espero mesmo que compreendam, até agora fiz como já a música diria: "e a vida vai ficando pra depois", mas chegou agora a hora de não deixar que fique mais,
- Por outro lado também tive a certeza de mais do que nunca que é este o meu caminho e que realmente o número 4 é muito importante e representa os 4 elementos que mais me motivam: as 4 estações :) a Natureza que é o meu amor maior e também maior inspiração. Por isso eu vou continuar a desfrutá-la ao máximo e também será através dela que coisas ainda melhores surgirão este ano.





Espero que gostem deste lanche festivo (tão especial, campestre e natural), todo ele de inspiração botânica que preparamos em jeito de celebração.






Obrigada, por estarem e continuarem desse lado e muito obrigada a quem todos os dias se junta a "nós". Muito obrigada a todos por estes 4 anos maravilhosos.





Fotografia: Aura Studio
Flores/Decoração: O Filho da Rosa
Design gráfico: Éme Design



13.2.19

Madalenas de inverno


As mimosas são das flores do tempo frio que parecem vir anunciar que a Primavera está para breve e eu adoro-as. Acho mesmo que o nome foi bem entregue e para além de serem bonitas e mimosas são super fotogénicas.







Apesar da escassez da flor no Inverno, estamos numa época privilegiada no que toca aos citrinos. E quem os tem em casa ou facilmente arranja muitas vezes não sabe o que fazer com tantas laranjas ou limões.
Estas madalenas são perfeitas para usar essa desculpa, como também são ideais para um lanche ou para quando se recebe visitas inesperadas, são mesmo super fáceis e rápidas de fazer.
Vamos a isso?





Ingredientes:

2 ovos
70g de açúcar de cana
1 pitada de sal
1/2 colher de chá de extracto de baunilha
1/2 colher de chá de água de flor de laranjeira
70g de farinha de trigo sem fermento (ou farinha de arroz)
Raspa de 1 limão
4 colheres de sopa de óleo de côco (derretido)



Indicações:

Pré aquecer o forno a 180.C e untar a forma das madalenas.
Na taça da batedeira combinar os ovos com o açúcar e o sal, bater pelo menos durante 5 minutos até que fique bem claro e leve. Adicionar depois a baunilha e a água de flor de laranjeira. Lentamente juntar a farinha, na velocidade baixa e apenas até ficar bem combinado.
Com a espátula acrescentar a raspa do limão e o óleo de côco em 2 partes.
Deitar a massa com a ajuda de uma colher sopa em cada molde, tendo o cuidado para não encher demasiado.
Levar ao forno cerca de 6 minutos (o tempo ideal para os chefs franceses), se pretender pode deixar mais 2 minutos. Retirar do forno e deixar arrefecer um pouco numa grelha antes de retirar as madalenas da forma.
Polvilhar com açúcar em pó depois de frias.



Sei que as palavras por aqui têm sido poucas e confesso que desde o final do ano que queria publicar uma receita só que o tempo voa assim como a disponibilidade. Está muita coisa a acontecer ao mesmo tempo e o ritmo de trabalho não abranda contrariamente ao que costuma acontecer no início do ano. Mas prometo que este ano vai ser muito especial e que vão acontecer coisas boas e mudanças por aqui.
Espero que gostem, até à próxima publicação :)


17.12.18

"Once upon a Christmas village"





Quase sem dar por isso estamos novamente no final de mais um ano e na época que para muitos é a preferida de todos os 12 meses.
Seja pelo reencontro e convívio com a família, pelas refeições prolongadas ou pelas tardes de cinema e noitadas de jogos, pelo regresso aos locais que para muitas famílias só acontece nesta quadra festiva.





Sem grande pretensões quisemos mostrar isso mesmo; o regresso à aldeia , à família, ao local em que muitos cresceram e que se reúnem nesta altura para o convívio mais caloroso do ano. O lanche em que se põe a conversa em dia antes dos preparativos para a tão esperada consoada!



Mostrar também como é a refeição mais típica e tradicional do Natal, como era feita e continua a deixar a sua marca ainda nos dias que correm e aqui tão bem representada pela Manuela da Cozinha de Quessus, que faz questão de que quem visita este espaço mágico sinta genuinamente na actualidade como era a cozinha dos lavradores do antigamente.



A restante equipa já se tratam de amigos por isso este foi um jantar e encontro mais especial ainda em que o Natal foi vivido antecipadamente, cheio de alegria, calor e boa disposição.



A mesa de sobremesas como não poderia deixar de ser foi vasta e juntaram-se aos tradicionais doces e frutos secos outros bolos com as minhas já habituais inspirações britânicas: aqui o Christmas Pudding.


E assim deixo mais uma inspiração Natalícia, desejando uma óptima e feliz quadra a todos e que para o ano cá estejamos para mais uma vez celebrar e testemunhar a magia do Natal.



Vejam o vídeo aqui.

Créditos

bolos: Bakewell
fotografia: M / ANIA
vídeo: ninho
decoração/styling: O Filho da Rosa
local: Cozinha de Quessus
jóias: Sofia Calvário
cabelo: Diogo Cerqueira
maquilhagem: Daniel Vaz










28.11.18

"Behind Secret Walls"


Este foi um daqueles trabalhos que mesmo antes de se ver o resultado final já sabíamos que ia ser maravilhoso! E assim foi, o local era lindo e com história, a equipa de topo, a energia incrível e com uma modelo tão bonita e envolvida no cenário e conceito. Foram meses de espera que fosse publicado mas oh! se valeu a pena.




O dia foi dos mais chuvosos, com uma luz super dramática que parece ter ajudado a que o cenário ficasse ainda mais mágico e especial.


O bolo foi um dos que mais gostei de fazer, adorei as cores, as combinações e a inspiração que se foi buscar a toda esta envolvência. 

Foi criada uma textura no creme que casou na perfeição com o cenário e as paredes do espaço.  Fiquei mesmo muito feliz e orgulhosa do resultado! 



Estas fotos são o resultado do trabalho lindo e dedicado de todos. Podem ver tudo no site da Zankyou e ainda o vídeo maravilhoso aqui.








Fornecedores: 

Decoração e Styling: Crachá Wedding Agency | Fotgorafia: Arte Magna | Vídeo: Sublime Films | Vestido: Jesus Peiro | Sapatos: May 34 | Acessório do cabelo: Mary Love | Maquilhagem e cabelo: Mónica Ribau | Bolo: Bakewell | Local: Cindinha Bulk Store | Modelo: Anna Siviero



Que se sintam tão inspirados quanto nós!














20.10.18

Granola de Outono

Por muito calor que ainda esteja (e hoje foi exemplo disso) certo é que estamos mesmo em Outubro, o Outono já começou quase há 1 mês e há quem já fale no Natal...
E porque nunca como este ano eu estive tão ansiosa que o Verão acabasse (e não fosse eu uma "filha" desta estação), que os dias ficassem mais amenos, que já fosse preciso uma camisola para aconchegar, o chá quente voltasse a fazer parte da rotina, as cores quentes que predominam e a magia dos cheiros que o Outono traz, as castanhas assadas ... Ainda nem eu percebo bem como dum ano para o outro eu iria ansiar tanto pela estação da mudança!
Chegou também a hora de fazer nova fornada da minha granola outonal, com especiarias e com aquele sabor que me apetece nos dias que começam a esfriar.
Estava já mais do que na hora de voltar com uma receita e esta já a devia ter partilhado há muito, espero que a desfrutem e que aproveitem tanto quanto eu.

GRANOLA
Ingredientes

500g de flocos de aveia integral
150g de amêndoas
150g de avelâs (as minhas preferidas)
150g de nozes
50g de pistáchios
200g de côco ralado
50g de sementes de abóbora
50g de sementes de girassol
100g de sementes de sésamo
150ml de óleo de côco
100ml de agave
100g de arandos desidratados (substituir por passas, por exemplo)
canela e gengibre q.b

* Se bem que aqui tenha colocado quantidades, na verdade eu costumo fazer tudo "a olho". Podem utilizar a receita apenas como guia e fazer o mesmo.








Pré aquecer o forno a 160C e "forrar com papel vegetal um tabuleiro (fundo) do forno.
Picar os frutos secos a gosto e misturar com os flocos de aveia numa taça.
Juntar o côco e todas as sementes. Aquecer o óleo (apenas para derreter) e o agave e juntar bem à mistura da taça.
Deitar no tabuleiro previamente preparado e levar ao forno por 30 minutos (a meio mexer bem e rodar o tabuleiro).
Se gostar dos frutos secos mais tostadinhos e o resultado geral mais dourado deixar mais uns 5/10 minutos mas ter cuidado para não deixar queimar e ir mexendo com regularidade.
Quando estiver pronto deixar arrefecer uns minutos e depois juntar as especiarias, os frutos desidratados e as sementes de sésamo. Deixar arrefecer por completo antes de guardar em frascos herméticos.





Esta granola aguenta muito bem (se bem condicionada) uns 3 meses!
Espero que gostem tanto quanto eu e vos conforte nesta nova estação, acompanhando uma taça de frutas da época ou de iogurte natural com uma compotinha também acabada de fazer.























Votos de um feliz fim-de-semana.

10.10.18

The Harvest Ball - a magia das Vindimas








Uma das mais mágicas alturas do ano foi o mote para uma celebração muito especial.




Uma mesa bem farta, cheia de cores quentes e sabores tão característicos da estação. As maçãs, os figos e as especiarias foram os protagonistas deste lanche e a inspiração para o bolo seguiu bem o guião :)






Vejam a reportagem completa na publicação super bonita e especial da Zankyou, através do seguinte link abaixo:

THE HARVEST BALL







Espero que se apaixonem tanto quanto nós pelo Outono e pela magia que nos traz.





















Créditos:
Produção& Cake Design: Bakewell | Direção Criativa & Decoração: O Filho da Rosa | Vídeo & Fotografia: White Valley | Cabelo: Diogo Cerqueira | Maquilhagem: Daniel Vaz | Styling: Sara Cardoso | Jóias: Sofia Calvário - Jóias| Mantas: Burel | Vinho/venue: 1000 Curvas | Roupas: Lúcia Sousa Fashion Store | Louças: Sanimaia | Pão: Mademoiselle Porto