9.10.17

"Influencer", quê?!

Tenho visto pessoas que estão a deixar as redes sociais pelas mais variadas razões e, confesso que o meu desencanto cada vez maior me dá vontade de fazer o mesmo.

Tudo parece ser mais do mesmo, as publicações, as supostas vidas perfeitas, as fotos e poses orquestradas, os bronzeados e cor do cabelo, as publicidades, as marcas, os patrocínios e as/os "influencers"... mas que raio de treta é esta afinal? É uma profissão nova? Quem são estas pessoas que se auto denominam de? Influenciador porquê, de quê e de quem? Acho possivelmente a coisa mais ridícula que tenho visto nos últimos tempos.

A propósito disto vejo as mil e uma maneiras de ganhar notoriedade nas redes sociais, chegando a existir até cursos (pagos) para o efeito. E por isso não deixei de me rir quando me deparei com esta publicação:

HOW I GREW MY INSTAGRAM FOLLOWING FROM 430 TO 433 (THEN BACK DOWN TO 430) IN 30 DAYS

Já nada é natural e espontâneo; o Instagram que como o próprio nome indica surgiu para partilhar fotos instantâneas já mais não é do que um grande negócio...
Já não tenho o entusiasmo que sentia outrora, ao pesquisar no Pinterest ou ao percorrer os perfis e/ou blogs preferidos... Não sei se o problema reside em mim, é provável mas como o desencanto é de tal forma que decidi afastar-me das redes sociais. Decidi perder menos tempo com o virtual e ganhar mais tempo com o real e com o que realmente interessa. Sair, procurar inspiração fora de casa, seja no campo, nos jardins ou na rua e nas pessoas reais com as quais convivo. Andar, fazer e sentir mais e ver menos! Não tenho absorvido nada de novo ou positivo, vou procurar enriquecer-me de outra forma.









Não sei qual a vossa opinião acerca das redes sociais, mas gostava realmente de contar com o vosso comentário acerca do assunto!
Acham que são meios e/ou veículos fundamentais? Vivem bem sem elas? Usam com propósito pessoal ou profissional? Sugestões para reverter este meu processo de desencantamento, alguém tem?




Existem coisas lindas e que valem tanto a pena ver lá fora; as flores de Outono, as cores que transformam os campos e jardins nos mais variados e quentes tons. E com este prolongamento do Verão então é que não há mesmo desculpa!
Tenham uma boa semana


Sem comentários:

Publicar um comentário