10.11.15

Bolinhos de Dióspiro / Persimmon Cakes

Nem só de castanhas e vinho se vive o S. Martinho, os dióspiros também estão na sua época e há que aproveitá-los da melhor maneira.
Cada ano que passa gosto mais deste fruto, as lindas flores que vestem os seus verdejantes ramos na primavera dão lugar a um caprichoso e vibrante fruto com uma cor e texturas únicas, tais como as suas folhas que lentamente vão caindo e cobrindo o campo nos mais bonitos tons de fogo.
Deve comer-se bem maduro, mas ligeiramente verde fica muito bom em saladas ou a acompanhar os cereais e iogurtes. É um dos frutos mais negligenciados e no entanto com tantas propriedades, rico em água e fibra, minerais e muita vitamina C. "Tem mais poderes antioxidantes do que se imagina, traduzindo-se numa protecção contra os danos oxidativos a nível celular e na inibição de radicais livres responsáveis por induzir alterações celulares envolvidas em doenças como a arterosclerose, as doenças inflamatórias e o cancro."


Esta receita surgiu no Inverno passado, na altura em forma de loaf mas agora resolvi adaptar para uma espécie de muffins. A apresentação resulta melhor tanto na hora de servir como também é mais bonita, mas o sabor esse é o mesmo. E este é um daqueles bolinhos que se come e se quer mais. Fofo, húmido e rico muito rico, já que tem tâmaras medjool maceradas em vinho do Porto (uma delícia só!).

Bom S. Martinho! E aproveitem este seu Verão, tão bom e característico.


Sem comentários:

Publicar um comentário